O que é preciso para se preparar para uma prova de longa distância de Corrida de Aventura?




Coragem? Não só isso!


As Corridas de Aventura de longa distância podem passar dos 500km. São provas que duram 5 dias ou mais, a depender do desempenho da equipe. Algumas terminam em até 4 dias, outras usam todo o tempo pra completar o percurso, outras podem não completar. Qualquer pessoa com preparo físico adequado, que curta um desafio, ame o contato com a natureza e esportes ao ar livre pode fazer Corrida de Aventura. Entretanto, isso não é suficiente para que você resolva se aventurar numa prova desse tamanho.

Ao longo da minha trajetória de atleta amadora, que começou a andar de bicicleta com 35 anos, foram 4 provas desse tamanho. Sempre digo que todo mundo pode fazer Corrida de Aventura. Se eu consigo, vocês também conseguem. Mas a minha trajetória não é o tema dessa postagem. Essa é pra contar um pouco da preparação para nossa próxima corrida de 500km.



A PROVA


Pra começar, escolhemos uma prova. São tão poucas opções desse tamanho que, algumas vezes, a escolha fica pelo ano que se quer encarar o desafio, embora tenha gente que faz isso todo ano. E se eu tivesse tempo e dinheiro, faria a mesma coisa.

O ideal é decidir com bastante antecedência pra dar tempo de ter toda equipe pronta. Em 2021 tem duas provas de longa distância no calendário Brasileiro, a Terra de Gigantes (TG) e a Malacara Expedition. Ao escolher, a equipe já tem condições de verificar algumas características da prova, de acordo com a região, como clima, relevo, hidrografia... Informações sobre edições anteriores e perfil dos organizadores também ajudam no planejamento. A nossa próxima será em maio, a TG500.




A EQUIPE


Nossa equipe, a Aventureiros do Agreste, tem muita gente boa e preparada. Muitos navegam. Talvez seja a equipe que tenha mais navegador de todas que conheço. O fato é que os atletas que vão compor a equipe precisam querer muito, de verdade, com força. Precisam desejar. Não pode ser tanto faz. Todos precisam estar cientes dos custos psicológicos, sociais e financeiros da empreitada. Os objetivos precisam ser claros e bem definidos.

Dentro na nossa própria equipe, que é bem grande, juntamos eu (Luciana), Maurício, João e Vítor. Nos escolhemos por afinidade e vontade, a coisa fluiu e estamos nessa empreitada juntos.



TREINADOR E TREINAMENTO


Depois do SIM de cada atleta, não hesite em buscar ajuda de um profissional de Educação Física, que tenha experiência no esporte e saiba motivar e alinhar a equipe. No começo, possivelmente, cada atleta vai ter um ritmo diferente, como tem sido nosso caso. O treinador precisa ser bom nisso! Por isso, escolhemos Fernanda Piedade, atleta de tudo que você imaginar, focada, competente, motivadora.

Estamos treinando mountain bike, corrida, trekking e canoagem que, a princípio, são as modalidades previstas para a prova. Além dos treinos individuais durante a semana, fazemos ao menos um treino quinzenal em equipe. Nos treinos em equipe que simulamos situações da prova, testamos reboque, equipamentos, alimentação, resistência. Nesses treinos testamos nossos limites, conhecemos até onde podemos chegar e o quanto podemos expandir.

Super importante que a equipe esteja motivada, alinhada em preparo físico e disposta a abrir mão do sonhinho das 5h da manhã.




EQUIPAMENTOS


Muita coisa já temos, muita coisa precisamos, muita coisa já tá velha. Tem equipamentos que duram muito tempo, outros que são praticamente descartáveis, outros que não vale a pena investir alto.

Em nosso caso, precisamos investir em iluminação, mochilas, bolsas de hidratação, alguns pequenos apetrechos e remos de carbono.

Quando a organização abre as inscrições, publica a lista de equipamentos obrigatórios. Aí é só conferir e providenciar o que faltar.



NUTRIÇÃO


Outro ponto importantésimo! Como você vai se alimentar durante todo esse tempo, incluindo o período de treinamento, na corrida em si e depois dela, influenciará em sua qualidade de vida. A ajuda de um profissional de Nutrição vai ajudar a manter a qualidade dos treinos e o seu corpitcho inteiro durante o percurso.



O GRANDE DIA


Nada pra última hora, por favor! Checklist pra tudo!

O planejamento vai ajudar a encarar melhor os inevitáveis imprevistos que, na Corrida de Aventura não são raros.

O preparo físico, o treino em equipe, o cuidado com o planejamento e a alimentação farão muita diferença mas, no fim das contas, na prova é que muita coisa é testada. Nada vai simular o que verdadeiramente vai acontecer naqueles 5 dias de aventura. Por isso que não é só coragem. É força, preparo físico, preparo psicológico, trabalho em equipe, capacidade de administrar conflitos, o sono, a vontade ir pra casa. É perseverança, resiliência e muito mais.





Ademais, tenha coragem e prepare-se!


Luciana Freitas

Aventureiros do Agreste desde 2005

Posts Em Destaque